Autor: “Luís Carapinha”

Odiario

Ásia-Pacífico:
Escalada intervencionista dos EUA*

Luís Carapinha    03.Dic.11    Outros autores

Na escalada de contenção e cerco estratégico da China, os EUA contam com o apoio e a ampla presença militar no Japão e Coreia do Sul. Obama oficializou a criação de uma base militar permanente em Darwin. Simultaneamente, desferem um ataque na frente económica, surgindo como impulsionadores de peso do acordo de liberalização de comércio da Parceria do Trans-Pacífico que não é integrado pela China.

Odiario
Odiario

Lições da Líbia*

Luís Carapinha    08.Sep.11    Outros autores

Luís CarapinhaNão é de admirar que nos EUA haja quem clame que a guerra na Líbia possa servir de modelo para outras operações congéneres (ver NYT.com, 28.08.11). Talvez na Síria (com denúncias que os EUA treinam gangs no Iraque para intervir neste país) ou na Argélia. A acção da NATO abriu novos corredores ao islamismo radical e à nebulosa da Al-Qaeda na região do Norte de África.

Odiario
Odiario

O abismo da crise e a questão da soberania*

Luís Carapinha    09.Jul.11    Colaboradores

Luís CarapinhaA existência e manutenção da independência nacional não é possível num quadro esvaziado dos atributos do exercício efectivo da soberania. O assalto frontal à soberania e independência dos estados membros, decorrente da natureza da UE, atenta contra os próprios fundamentos do regime democrático.

Odiario
Odiario

Sobre a guerra e a crise

Luís Carapinha*    03.Abr.11    Colaboradores

Luís CarapinhaO imperialismo tem a violência (económica, social, militar, ideológica) na sua própria natureza. E a potência imperialista hegemónica - tenha Clinton, Bush ou Obama como primeira figura - não cessa de acrescentar novas agressões contra os povos àquelas que já tinha em curso. Num contexto de aguda crise do capitalismo é ainda mais necessário reforçar o alerta: até onde irá o imperialismo na sua escalada de guerra?

Odiario
Odiario

Horizonte de lutas

Luís Carapinha*    31.Ene.11    Colaboradores

Luís Carapinha“Não será difícil adivinhar quão febril deve ser neste dias a ingerência e actividade subversiva de serviços secretos e agências de diversão para limitar «estragos» e estancar a onda de revolta, tentando impedir que a luta do povo tunisino – que dá sinais de uma dinâmica crescente – possa assumir a qualidade de uma mobilização revolucionária de cariz anti-imperialista.”

Odiario
Odiario

Incógnitas Russas

Luís Carapinha    14.Nov.10    Outros autores

Luís Carapinha“Até onde poderão ir as cedências da Rússia é a questão que se coloca nesta trama que passará nos próximos dias por Lisboa. A sua resposta não será factor despiciendo para os destinos do processo de arrumação de forças global, marcado pelo declínio dos EUA.
Porém, a última palavra cabe ao povo russo.”

Odiario
Odiario

O pulso do tempo

Luís Carapinha*    04.Sep.10    Outros autores

Luís Carapinha«A ascensão contemporânea da China, indissociável do caminho iniciado com a revolução de 1949 e a fundação da República Popular (…) transformou-se numa fixação obsessiva para as grandes potências capitalistas e acima de tudo os EUA que a encaram como uma ameaça maior económica e, a prazo, militar.»

Odiario