Autor: “Manuel Augusto Araújo”

Odiario

A cultura nos seus labirintos

A pandemia fechou todos os palcos em que a cultura se mostra em directo, dos teatros às galerias de exposições, dos museus aos cinemas. E os tempos vazios da vida em confinamento foram invadidos por uma oferta digitalizada com um volume insuspeitado, em que se despejaram em streaming conteúdos e formatos como se não houvesse amanhã.

Odiario
Odiario

Cultura, património cultural e a responsabilidade social dos intelectuais

Não deve ser menorizada a crescente bordelização da cultura pelo turismo cultural e a perda de capacidade crítica em que os padrões estéticos são progressivamente substituídos pelos ditames do mercado. O capitalismo apropria-se da cultura nos mesmos termos em que se apropria da ciência: não como factor essencial de desenvolvimento humano mas como instrumento de dominação.

Odiario
Odiario

J’Accuse

O tema do último filme de Roman Polansky é o iníquo processo do oficial do exército francês Alfred Dreyfus, em 1898. O título é o da indignada carta aberta publicada na altura por Émile Zola. Carta que, para muitos, marca o surgimento do “intelectual” enquanto indivíduo cuja opinião assume um peso próprio especial, socialmente legitimado, que resulta tanto do reconhecimento atribuído à sua obra como do valor moral e ético da posição assumida. Nos dias de hoje, intelectuais desse tipo - como Julian Assange ou Peter Handke - estão mais isolados entre os seus pares do que Zola esteve na altura.

Odiario
Odiario

Os caminhos ínvios da cultura

A nomeação de Bernardo Alabaça para director-geral do Património Cultural pela ministra da Cultura e um despacho da secretária de Estado da Cultura que manda depositar em hotel privado obras de uma colecção adquirida pelo Estado – o que motivou um pedido de audição urgente do PCP à ministra – são a evidência de que o ministério da Cultura está capturado pelas forças do mercado

Odiario
Odiario

A devolução do património saqueado pelos impérios coloniais

O saque do património cultural dos povos dominados atravessa toda a História. Acontece que a nossa época é a do esforço descolonizador e da reivindicação de igualdade entre Estados soberanos. As potências coloniais e neo-coloniais têm uma dívida – também cultural - a pagar, e um património a restituir.

Odiario
Odiario

Políticas de supermercado

As estratégias de marketing foram há muito adoptadas no quadro da democracia burguesa, e o marketing “político” e o marketing comercial tendem a utilizar as mesmas estratégias. No nosso país o fenómeno acentuou-se com os “novos” partidos com representação parlamentar. Em vários aspectos, clarificaram o leque político (a extrema-direita passou a falar mais claro). Mas o discurso político tornou-se ainda mais artificial e vazio.

Odiario
Odiario

Contra os populismos que meteram os pés na porta

Os combates futuros contra a tralha neoliberal e os populismos em marcha não são fáceis. Há que lutar, contra todas as evidências, sabendo de ciência certa que a razão está do nosso lado. O que não garante nenhuma certeza mas vitamina a luta.

Odiario