Autor: “Marco Weissheimer”

Odiario

Ex-agente duplo conta como a CIA promove ‘guerras não violentas’ para implodir governos

Marco Weissheimer    25.Nov.15    Outros autores

Cuba procura normalizar as relações com os EUA. Mas conhece bem o interlocutor com que está a lidar. Esta história é uma de muitas outras possíveis: entre 2004 e 2011, o escritor e professor cubano Raúl Antonio Capote Fernández actuou, a pedido dos serviços de informações cubanos, como agente duplo infiltrado na CIA. Foi contactado muito jovem por pessoas ligadas à agência norte-americana e convidado a participar de um projecto que pretendia criar uma “oposição de novo tipo” em Cuba, capaz de, após o desaparecimento de Fidel Castro, iniciar uma “revolução suave” que acabasse por derrubar o governo de Havana.

Odiario