Autor: “Marcos Domich”

Odiario

Bolívia: os fios da conspiração

Marcos Domich    27.May.12    Colaboradores

Marcos DomichA conspiração imperial abrange vários países latino-americanos. O nosso país, todavia, é o alvo imediato, uma vez que é tido como o elo mais fraco da cadeia de países que viraram à esquerda ou simplesmente adoptaram posições progressistas e antimonopolistas.

Odiario
Odiario

A conspiração e o molho pequeno-burguês

Marcos Domich    10.Dic.11    Colaboradores

Marcos DomichEntre as dificuldades e contradições com que o processo boliviano se vem defrontando, uma é clássica: o papel da pequena burguesia. Sector instável da sociedade por excelência, a sua intervenção prática e a sua ideologia constituem, em regra, uma reserva de acção através da qual a grande burguesia e o imperialismo tomam posições, em muitos casos a coberto de uma fraseologia “de esquerda”.

Odiario
Odiario

Inteligência e vontade para avançar

Marcos Domich*    11.Feb.11    Colaboradores

Marcos DomichSão muitas as dificuldades que principalmente o experiente imperialismo e também a derrotada direita e conservadorismo colombianos colocam ao processo de mudanças em curso na Bolívia. E a resposta nem sempre é a mais adequada, por falta de uma direcção política unificada do processo de mudanças em curso.

“Só uma direcção político-partidária, um centro com métodos partidários, isto é uma vanguarda política - não falamos de unicidade partidária, mas de uma conjunção baseada num programa - é capaz de redireccionar o processo e torná-lo na revolução que construa uma nova ordem social. Nisto não nos move nenhum exclusivismo vanguardista e negador do enorme potencial revolucionário das organizações sociais orientadas com métodos, disciplina e concepção científica.”

Odiario
Odiario

Actualidade do papel histórico da classe trabalhadora

Marcos Domich*    17.May.10    Outros autores

Marcos Domich… Inventou-se a livre contratação que significou a destruição dos seus instrumentos de luta, particularmente dos sindicatos e o submetimento a um sistema de exploração semelhante aos tempos de emergência do capitalismo. As leis de protecção do trabalho, o sistema de segurança social e muitas outras conquistas dos trabalhadores foram violentadas de forma clara. Até a mais histórica das conquistas dos trabalhadores: a jornada de oito horas, desapareceu. Na prática, anulou-se «legal» ou ilegalmente o que se conhece como conquistas sociais dos trabalhadores. Sob a consigna de que tudo isto se fazia em parlamentos democráticos de levanta-a-mão, sancionaram-se novas disposições que legalizaram estas realidades sociais cruéis para os trabalhadores.

Odiario
Odiario

O Jatun Auka ou a contradição final

Marcos Domich*    08.May.10    Colaboradores

Marcos DomichNão é pela sua extensão que se avalia a profundidade do pensamento vertido num texto. Com precisão e de forma síntéctica, Marcos Domich analisa o actual momento do processo de mudança na Bolívia e os perigos que o espreitam.

Odiario
Odiario

Bolívia: Erradicar os surtos fascistas

Marcos Domich*    08.Abr.10    Colaboradores

Marcos Domich“A que atribuir este súbito ressurgimento dos símbolos e do pensamento nazi na política boliviana? É óbvio que há uma crise profunda nas direitas. Fechou-se-lhes o campo democrático. Não gozam de aceitação popular; não podem aspirar à conquista da maioria dos votos. Nessas circunstâncias não lhes resta outro caminho que não seja o da conspiração aberta, o recurso à subversão e à simulação política.”

Odiario