Autor: “Os Editores”

Odiario

Com a desculpa que é preciso recuperar os rendimentos das classes desfavorecidas, a classe média, que é aquela que mais paga ao Estado, continua esmagada com impostos e esquecida pelo Governo

Os Editores    03.Sep.17    Outros autores

É por opção de classe que que é sobre os rendimentos médios que incide o maior esforço fiscal: o grande capital e o capital monopolista nem nem IRC paga em Portugal, mas na Holanda, no Luxemburgo, na Irlanda ou noutro qualquer país de regime mais favorável.

Odiario
Odiario

Um sistema fiscal que agrava desigualdades, que favorece o capital e prejudica o trabalho, e que não respeita a constituição da República.

Os Editores    29.Jul.17    Outros autores

A repartição primária do rendimento entre o Trabalho e o Capital em Portugal é cada vez mais desfavorável ao Trabalho. Em 2008, os “Ordenados e salários” representavam 36,6% do PIB e, em 2016, essa percentagem tinha diminuído para apenas 34,2%, enquanto o Excedente Bruto de Exploração, de que as empresas se apropriam, aumentou no mesmo período de 40,6% do PIB para 42,8% do PIB.
Os trabalhadores, embora constituam a esmagadora maioria da população produtiva do país, recebem uma parte cada vez menor da riqueza que criam. E para isso contribui também o sistema fiscal português que, contrariamente ao que dispõe a Constituição da República, tem sido um instrumento utilizado para agravar a repartição primária dos rendimentos, penalizando as classes de menores rendimentos e protegendo e favorecendo os mais ricos.

Odiario
Odiario

Discurso de Vladimir Putin na parada militar que marcou o 72º aniversário da Vitória da Grande Guerra Patriótica de 1941- 45

Os Editores    14.May.17    Outros autores

O Dia da Vitória continua a ser celebrado como merece: como o culminar do maior feito político-militar do século XX, feito que está indelevelmente enraizado na memória histórica dos povos que constituíram a União Soviética. O discurso de Putin traduz esse facto e homenageia com dignidade o Regimento Imortal. Mas contém duas significativas omissões: uma, a referência à natureza e características únicas do Exército Vermelho; outra, a referência ao papel central e determinante do PCUS na resistência armada e no caminho da vitória sobre o nazi-fascismo.

Odiario
Odiario
Nota dos Editores

Macron Presidente
O mal menor

Os Editores    08.May.17    Destaques
Odiario
Odiario

Esclarecimento

Os Editores    05.May.17    Editores
Odiario