Autor: “Pedro Stédile*”

Odiario

A crise mundial e a situação da agricultura

JOAO PEDRO STEDILE
“Nos numerosos casos em que os camponeses foram ganhos para a agricultura industrial e adquiriram factores de produção produzidos pelas grandes corporações, agora confrontam-se com um encarecimento desses factores de produção muito superior à inflação. Muitos camponeses endividaram-se e têm sido obrigados a abandonar as suas terras… (…) Os recursos que os Estados antes aplicavam em programas sociais a favor dos camponeses – saúde pública, educação, transporte, assistência técnica – reduzem-se com a crise porque, em primeiro lugar, há que salvar os capitalistas”.

Odiario
Odiario

MST: 25 anos de teimosia


Publicamos hoje este texto de João Pedro Stédile, membro da Coordenação Nacional do Movimento dos Sem Terra (MST), de balanço dos 25 anos de luta e crescimento deste movimento campesino brasileiro

Odiario
Odiario

A crise, a fome e a produção de alimentos

“Na década de 60 havia no mundo 80 milhões de pessoas que passavam fome todos os dias. Estávamos no auge do capitalismo industrial e do avanço das empresas transnacionais que se expandiam por toda parte para dominar mercado, controlar matérias-primas e explorar a mão-de-obra barata nos países periféricos. Nesse contexto, propuseram a “revolução verde”. Prometeram acabar com a fome. E até deram o premio Nobel da Paz a seu maior propagandista. Seu verdadeiro objetivo era no entanto, introduzir uma nova matriz produtiva na agricultura, baseada no uso intensivo de insumos industriais, como maquinas, fertilizantes químicos e agrotóxicos.”

Odiario
Odiario

Soberania alimentar e agricultura

“Passaram-se 50 anos, a produtividade física por hectare aumentou muito e a produção total quadruplicou em nível mundial. Mas as empresas transnacionais tomaram conta da agricultura com suas máquinas, venenos e fertilizantes químicos. Ganharam muito dinheiro, acumularam bastante capital e, com isso, houve uma concentração e centralização das empresas. Actualmente, não mais do que 30 conglomerados transnacionais controlam toda a produção e comércio agrícola.”

Odiario
Odiario

O capital internacional está dominando a agricultura brasileira

João Pedro Stédile
A concentração e a centralização do capital, «foram complementados no setor agrícola com um processo de internacionalização do controle do mercado e do comércio a nível mundial. Ou seja, algumas empresas passaram a atuar em todos os países e controlar o mercado a nível mundial»

Odiario
Odiario

O Brasil é a sociedade mais desigual do mundo

Pedro Stédile*    28.Jun.08    Outros autores


Publicamos dois textos, um de João Pedro Stédile e outro de Ricardo Leopoldo, onde se demonstra, com números, que o Brasil governado por Lula, ao contrário de diminuir as abissais desigualdades da injusta sociedade brasileira, cava o fosso entre os mais ricos e o resto da população.

Odiario
Odiario

O governo Lula não entendeu o recado das urnas

Stédile

O dirigente do Movimento dos Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, deu uma entrevista ao jornal Estado de S. Paulo de que publicamos uma súmula.

Odiario