Autor: “Pepe Escobar”

Odiario

Como os “cisnes negros” estão a moldar o pânico no planeta

Pepe Escobar    20.Mar.20    Outros autores

«A equação aponta agora para uma confluência de Wall Street em pânico; histeria Covid-19 massiva; persistentes e inumeráveis abalos secundários resultantes da balbúrdia comercial global do presidente Donald Trump; o circo eleitoral dos EUA; e instabilidade política na Europa. Essas crises entrelaçadas significam Tempestade Perfeita.»

Odiario
Odiario

A Conferência de Munique revela divisão Este-oeste

Pepe Escobar    27.Feb.20    Outros autores

A Conferência de Segurança de Munique ilustrou como a agressividade EUA-NATO se sustenta ideologicamente no ressurgir da ambição colonialista ocidental, na defesa de um direito irrestrito de agir pela força onde quer que seja. Tal como faz com as relações laborais, o capitalismo tenta fazer o planeta inteiro regressar ao século XIX.

Odiario
Odiario

Bem-vindos à selva

Pepe Escobar*    05.Nov.18    Outros autores

«A refinada Guerra Híbrida em curso no Brasil, que começou em 2014, teve um ponto de inflexão em 2016 e culminou em 2018 com a destituição de uma presidente; a prisão de outro presidente; o esmagamento da Direita e do Centro-direita; e à moda de uma pós-política enlouquecida por esteróides, abriu o caminho para o fascismo.»

Odiario
Odiario

O dilema geoestratégico da Índia não fica resolvido com a compra dos S-400

Pepe Escobar    18.Oct.18    Outros autores

A Índia adquiriu à Rússia um conjunto de sistemas antimíssil, e o seu primeiro-ministro afirmou uma perspectiva de reforço das relações económicas e da cooperação entre os dois países. Mas tem também (em nome de uma política de «multi-alinhamento») mantido e reforçado laços, nomeadamente no plano militar, com os EUA, cuja estratégia de confronto com a China, a Rússia e o Irão é conhecida. Uma importante questão, cuja clarificação está por fazer.

Odiario
Odiario

Novas Rotas da Seda definem a marca China

Pepe Escobar    06.Oct.18    Outros autores

A Iniciativa Cintura e Estrada (BRI) chinesa tem alcance global. Representa uma aliança da China com pelo menos 65 países participantes, responsáveis por 62% da população e 31% do PIB mundial. Não admira que do lado anglo-americano chovam os insultos e as caricaturas. A melhor (vinda de quem vem), é de acusar a China de “neocolonialismo” e de “escravatura através do endividamento.”

Odiario
Odiario

Porque é que mesmo uma guerra comercial não irá fazer descarrilar Made in China: 2025

Pepe Escobar    04.Jun.18    Outros autores

A administração Trump tem tentado desencadear uma guerra comercial com a China. Mas acontece que podem ser os EUA a pagar o preço mais elevado por tal guerra. As empresas norte-americanas deslocalizaram-se para a China, transferiram tecnologia para a China, investiram na China. Mas o impetuoso crescimento chinês criou-lhe condições não só para recusar submissão e subserviência económica e tecnológica aos EUA, mas para avançar com projectos de cooperação e desenvolvimento sem precedentes na história.

Odiario
Odiario

Na Ásia, a disputa geopolítica do século

Pepe Escobar    14.Dic.17    Outros autores

As “Novas Rotas da Seda” constituem uma expressão do crescente potencial político, económico, financeiro, técnico da China em associação com outros países asiáticos e eurasiáticos. Os EUA não poderiam deixar de tentar dificultar o desenvolvimento desse enorme conjunto de iniciativas e projectos. Procuram influenciar a Índia para, em conjunto com o Japão, avançar com um projecto concorrente e alternativo e, ao mesmo tempo, introduzir uma fissura nos BRIC. Mas os possíveis aliados políticos defrontam-se com debilidades - económicas e outras - que limitam o seu campo de manobra.

Odiario