Autor: “Rémy Herrera”

Odiario

A mobilização dos Coletes Amarelos não enfraquece

Rémy Herrera    19.Ene.19    Colaboradores

No dia de hoje haverá nova mobilização dos «coletes amarelos» em França. Os sinais deixados pelas semanas anteriores são inequívocos: não só a mobilização não enfraquece como o Presidente Macron deixou de aparecer em público, de tal forma é generalizado o repúdio público pela sua governação.

Odiario
Odiario

Entre as duas mandíbulas do torno da extrema-direita

Rémy Herrera    27.Dic.18    Colaboradores

Realizou-se a 22 de Dezembro o «Acto VI» na luta dos coletes amarelos em França. Para além de particularidades que são sinal não só de organização, mas de uma organização capaz de iludir os serviços de informações, verifica-se com crescente clareza que, em vez de responder a reivindicações que Macron reconheceu já serem legítimas, a opção do poder é a da intensificação da acção de um aparelho repressivo de Estado onde a extrema-direita tem uma muito forte presença.

Odiario
Odiario

As balelas de Macron não resultam!

Rémy Herrera    19.Dic.18    Colaboradores

Na semana passada, em França, novos episódios na mobilização de coletes amarelos e de trabalhadores, novas tentativas de desmobilização – desta vez pela voz do próprio Macron – e novas acções de violência e repressão policial. No próximo sábado, nova mobilização.

Odiario
Odiario

E agora, os jovens liceais…

Rémy Herrera    08.Dic.18    Colaboradores

O movimento de contestação e de revolta em França não cessa de se ampliar. E um dos factores de mobilização é a própria violência policial. Jovens das universidades e dos liceus são alvo de brutalidades, a somar às «reformas» que têm vindo a ser empreendidas, gerando novos obstáculos sociais e económicos ao acesso à educação.

Odiario
Odiario

A mobilização dos « Coletes Amarelos», nova etapa das lutas em França

Rémy Herrera    26.Nov.18    Colaboradores

O movimento dos «coletes amarelos» em França vai na segunda jornada de mobilização nacional, e convocou já outra para o próximo sábado. Os grandes media fazem o seu papel. Procuram caracterizá-lo por actos de violência, ocultando que na sua maioria surgem por iniciativa da repressão policial. E sobretudo ocultam que se trata de uma enorme expressão de descontentamento popular, reivindicando directamente a demissão de Macron.

Odiario
Odiario

O Marxismo, crítica da economia política ou economia política?

Rémy Herrera*    12.Oct.18    Colaboradores

O marxismo, dado ser uma crítica, também é o fundamento dos conceitos-chave de um saber científico autêntico, radicalmente alternativo, em economia política. É com Marx e Engels, no quadro duma concepção materialista da história, que vão ser determinadas as características do modo de produção capitalista, vão ser articuladas as forças produtivas e as relações de produção, vão ser traçados os contornos dos antagonismos de classes, vão ser desvendados os segredos da exploração, incluindo os movimentos complexos do capital, vai ser medida a gravidade das suas crises – e, na prática, vão ser abertos os horizontes das revoluções proletárias que estavam a chegar.

Odiario
Odiario

Da repressão ao escândalo de Estado

Rémy Herrera    02.Ago.18    Colaboradores

Em França a presidência da República é constitucionalmente blindada contra escândalos. Macron julga-se completamente impune. Entretanto, o caso do seu guarda-costas Benalla acabou por o expor ao escrutínio mediático e parlamentar e fragilizou-o. Com o regresso das férias regressarão as lutas, e Macron estará mais fraco.

Odiario