Autor: “Resumen Latinoamericano”

Odiario

Michael Moore: “Trump conhece bem a equação estado-unidense: a ignorância leva ao medo e o medo ao ódio”

O notável documentário de Michael Moore “Bowling for Columbine” alertou para os crescentes fenómenos de violência com armas de fogo no EUA. Passados 15 anos, a situação não só não melhorou como, segundo o realizador, essa violência tem uma das suas expressões políticas na eleição de Donald Trump.

Odiario
Odiario

Haiti
Uma revolta popular anti-imperialista

«… Os ventos libertários de 1804 (data da independência do Haiti, 1º país negro independente do mundo) que iluminaram as lutas de independência posteriores…» na realidade começaram em 1794, com a revolta dos escravos e continuaram com sucessos e derrotas até aos nossos dias. No passado dia 7 de Fevereiro de 2016 os haitianos tiveram mais uma vitória – o presidente Michell Martelly foi obrigado a demitir-se. É assim a vida dos povos: quem luta às vezes vence, quem não luta perde sempre…

Odiario
Odiario

Os EUA têm mais de 200 mil militares destacados em todo o mundo

Uma informação que é útil refrescar com regularidade. Com a reserva de que se trata de uma notícia que tem como fonte dados do Departamento de Defesa dos EUA, dados que não serão decerto os mais fiáveis. Se o imperialismo norte-americano se encontra em estado de guerra não declarada com o mundo inteiro, porque haveria de prestar informações exactas sobre a localização e a dimensão dos seus efectivos?

Odiario
Odiario

CIA, MI6 e Mossad tentam desestabilizar a Venezuela a partir da Guiana

O imperialismo norte-americano encara de há muito a América Latina como seu “patio traseiro” (“backyard”) e não tolera que aí possam desenvolver-se tendências progressistas e anti-imperialistas. Mas a conspiração activa contra esses processos envolve outras potências e aliados, incluindo o regime sionista de Israel. A luta anti-imperialista só pode ser eficaz se compreender a natureza do imperialismo tal como Lénine a definiu.

Odiario
Odiario

Há 40 anos o heróico povo vietnamita derrotava a invasão imperialista norte-americana

A libertação de Saigão (hoje Cidade Ho Chi Minh) em 30 de Abril de 1975 deu o remate final à prolongada luta, plena de sacrifícios e façanhas gloriosas, do povo vietnamita pela reunificação nacional. Na ocasião do 40º aniversario da histórica efeméride, a Agencia Vietnamita de Noticias (VNA) divulga o seguinte breve resumo das mais importantes campanhas desenvolvidas pelas forças patrióticas de 4 de Março a 30 de Abril de 1975.

Odiario
Odiario
Entrevista com Jorge Zabalza, histórico ex dirigente Tupamaro do Uruguai

“Se a Frente Ampla com Mujica já está à direita, o que vem agora com Tabaré vai ser pior”.

No Uruguai, como em outros lados, governantes com um discurso de esquerda governam à direita. E, como diz Zabalza, “o que realmente determina na América Latina é o tema do imperialismo”. Num quadro de intensificação da ofensiva imperialista contra os processos progressistas ali em curso, parte determinante da definição da correlação de forças está nos povos destes países. Porque estes governos já se sabe para que lado cairão.

Odiario