Autor: “Rick Rozoff*”

Odiario

Depois do Afeganistão, o Pentágono muda-se para a América Latina

A estratégia imperialista para a América Latina avança com a escalada militar. Não apenas com o alargamento da rede de bases militares dos EUA, mas com o estreitamento da colaboração militar através, nomeadamente, do programa MODA e da inicativa DIRI. O programa MODA está em aplicação no Afeganistão. Agora o Departamento de Defesa está a expandi-lo no sentido do compromisso de outros países fora do Afeganistão, como o Peru e o Montenegro. No Hemisfério Ocidental, Chile, Brasil, Peru, Colômbia e Guatemala já participam da Iniciativa DIRI (Defense Industrial Reform Initiative [Iniciativa de Reforma Industrial da Defesa]).

Odiario
Odiario

Sem risco e acima da lei: os EUA globalizam a guerra de drones

Rick Rozoff*    19.Jul.11    Outros autores

Nem os mísseis de cruzeiro nem os veículos aéreos não tripulados equipados com mísseis Hellfire têm pilotos a bordo, de modo que as vidas dos militares dos EUA estão a salvo enquanto paquistaneses, afegãos, líbios, iraquianos, iemenitas e somalis são dilacerados por ataques dos E.U.A.

Odiario
Odiario

Intervenção dos EUA em África

Rick Rozoff*    29.Mar.10    Outros autores

Rick RozoffA criação do Comando África dos EUA - AFRICOM - não escondia os seus objectivos: uma força de intervenção rápida, bem armada, que possa ser rapidamente deslocada para defender os interesses dos EUA no continente africano, nomeadamente os interesses petrolíferos… Ultrapassadas as primeiras dificuldades de encontrar governos que aceitassem do seu estacionamento, aí está a primeira guerra dos EUA em África.

Odiario
Odiario

Estados Unidos e a NATO expandem a guerra do Afeganistão para o Corno de África e o Oceano Índico

Rick Rozoff*    27.Ene.10    Outros autores

Rick Rozoff
Por muito que custe a tantos milhões que no mundo confiaram, honesta e sinceramente, numa mudança, é cada vez mais evidente que a política externa de Obama é hoje mais agressiva que algum dia o foi a de George W Bush.
Agora, “de uma forma paralela à escalada da guerra no sul da Ásia (operações contra a insurgência no Afeganistão e ataques com mísseis lançados por [aviões telecomandados] drones no Paquistão, os EUA e os seus aliados na NATO têm preparado o trabalho preliminar para operações navais, aéreas e terrestres cada vez maiores no Corno de África e no Golfo de Áden”.

Odiario
Odiario

A Batalha pela Antárctica

Rick Rozoff*    04.Jun.09    Outros autores

“Com o fim da Guerra-Fria, há quase vinte anos, qualquer ponto da terra, que tivesse escapado aos 500 anos de colonialismo europeu e aos seus sucessores neo-colonialistas europeus e americanos, converte-se agora num alvo legítimo para a avareza e agressão do Ocidente. O extremo sul do mundo não é excepção”. Se o mesmo desrespeito pelo direito internacional com que se está a actuar na Antártida fosse extensivo ao Pólo Norte, isso “converteria a luta pelos recursos do Árctico numa guerra global que, inevitavelmente, envolveria a Rússia”.

Odiario