Autor: “Rui Fernandes”

Odiario

Húbris (et Órbis)*

Rui Fernandes    05.Oct.18    Outros autores

A intervenção da Justiça no embrulhado problema do assalto em Tancos terá certamente de aclarar e atribuir responsabilidades, porque não se instaura um tal processo sem bases sólidas para o fazer. E este é mais um sinal, que vem juntar-se a muitos outros, do ambiente vivido no interior das FFAA, do qual o mínimo que se pode dizer é que é pouco saudável.

Odiario
Odiario

Frágeis argumentos*

Rui Fernandes    25.Sep.18    Outros autores

«Militares acríticos e submissos é o que pior serve as Forças Armadas e, consequentemente, o País. Militares ajeitados ao governo de ocasião, que fazem o que lhes compete em função do seu Estatuto Profissional e o que não lhes compete profissionalmente só para agradar, porque é preciso agradar para ter uma boa avaliação que pode determinar o seu futuro, é desastroso».

Odiario
Odiario

Integração e respeito pelos imigrantes

Rui Fernandes*    30.Jul.16    Outros autores

As falhas nas políticas de integração e a falta de respeito pela situação dos milhares de imigrantes em Portugal é mais uma das muitas violações dos direitos humanos que os governos do PS e PSD com o sem o apêndice CDS, fazem diariamente.
Enchem a boca de direitos humanos, de democracia, de respeito pelas pessoas que, dizem sem corar, «não são números», mas a sua prática é de boicote a todas as iniciativas, legislativas ou da sociedade civil que tratem os imigrantes com a dignidade devida a qualquer ser humano.
Neste texto, Rui Fernandes fala-nos da discriminação feito aos imigrantes, da confusão propositado que fazem com os refugiados, do contributo dos imigrantes para o PIB português e a segurança social portuguesa e do desrespeito a que são sujeitos.

Odiario
Odiario

O novo projecto de RDM decorre da natureza da política deste Governo

Rui Fernandes    29.May.08    Outros autores



O novo Regulamento de Disciplina Militar (RDM) que o governo PS de José Sócrates pretende fazer aprovar “têm como pano de fundo (…) a implementação da aplicação do conceito de segurança nacional, ao serviço de uma marcada política de classe”

Odiario