O aumento dos impostos em Portugal entre 2011 e 2019, o agravamento das desigualdades, as propostas eleitorais dos partidos

Eugénio Rosa    30.Jul.19    Outros autores

A injustiça do sistema fiscal português agravou-se ainda mais como o governo PSD/CDS entre 2011 e 2015. E com o actual governo não se verificou a reversão para 2011 da situação na carga fiscal. Os impostos indirectos (mais injustos) têm um peso muito maior do dos impostos directos (tidos como mais justos). No IRS verifica-se que os grupos menos atingidos com aumentos foram os rendimentos mais elevados, enquanto os dois escalões mais baixos sofreram amior agravamento, segundo revelam dados do próprio Ministério das Finanças. É face a esta realidade que as propostas eleitorais devem ser lidas.

Ler texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos