O governo descongela as carreiras na Função Pública mas foge a pagar os aumentos daí decorrentes

Eugénio Rosa    18.Oct.17    Outros autores

Na proposta de Lei do Orçamento do Estado para 2018 fica-se a saber que terá lugar um descongelamento das carreiras da Função Pública e como serão pagos os acréscimos remuneratórios a que os trabalhadores têm direito. O descongelamento é positivo, ainda que envolva apenas metade dos trabalhadores. Mas o facto de os aumentos resultantes não entrarem em vigor na sua totalidade a partir de 1 de Janeiro de 2018 é negativo. A não ser alterada a proposta do governo, os trabalhadores receberão em 2018 menos do que deveriam, e em 2019 a situação será ainda pior. O governo dá com uma mão mas reduz o efeito com a outra.

Leer texto completo [PDF]

Gostaste do que leste?

Divulga o endereço deste texto e o de odiario.info entre os teus amigos e conhecidos