:: Colaboradores

Odiario

Quem governa os EUA?
A elite do poder no tempo de Trump

James Petras*    19.Sep.17

«Os estadounidenses têm muito que aprender e desaprender. A nossa vantagem estratégica pode residir no facto de a vida política nos Estados Unidos não poder piorar – realmente batemos no fundo e, salvo uma guerra nuclear, só podemos olhar para cima».

Odiario
Odiario

Recomeçaram os desaparecimentos na Argentina

Carlos Aznárez*    07.Sep.17

Foi em 1 de agosto passado que Santiago Maldonado desapareceu quando participava solidário com o povo Mapuche numa manifestação de reivindicação das suas terras ocupadas pela Benetton.
Um grande movimento de solidariedade para com povo Mapuche, de indignação e de preservação da memória vem crescendo contra o terrorismo de Estado na Argentina

Odiario
Odiario

Grécia 1967

Filipe Diniz    29.Ago.17

A ligação umbilical dos EUA aos golpes de Estado um pouco por todo o mundo tem sempre dois objetivos irmanados: impor uma maior exploração dos povos e dos seus países, e perseguir os comunistas.

Odiario
Odiario

Uma semana de opiniões

Filipe Diniz    18.Ago.17

Numa era em que o parajornalismo (ver o diário.info de 14 de agosto passado) se acotovela com o paramilitarismo para ver qual destas especialidades de terrorismo ganha mais indulgências do capital monopolista, e em que se tornou norma «…os factos objetivos te(m)rem menos influência na formação de opinião publica do que os apelos emocionais…» (da definição de pós-verdade segundo o dicionário de Oxford introdução em 2016), quem se pode espantar que o Le Monde em França ou o Público e o Diário de Notícias em Portugal, tenham tiragens idênticas às da imprensa clandestina nos seus países há 70 ou 80 anos?
Talvez tenham mais do que merecem…

Odiario
Odiario

Capital fictício, cidade fictícia*

Filipe Diniz    13.Ago.17

A actual crise geral do capitalismo tem como uma das suas componentes o colapso de diversas bolhas imobiliárias e da engrenagem do crédito hipotecário a elas associado. O capital financeiro encontrara nesse sistema formas de exponenciar lucros a taxas muito superiores às possíveis na economia real. Economia especulativa, espaço privilegiado de circulação de capital fictício, converte os lugares materiais em que toca a habitação e a cidade em simulacros igualmente à beira do colapso.

Odiario
Odiario

Sadoul, um oficial francês que aderiu à Revolução de Outubro

Miguel Urbano Rodrigues    02.Ago.17

Publicamos hoje, 2 de Agosto, dia do seu aniversário, o último texto que Miguel Urbano escreveu para odiario.info. É mais uma forma de mostrar que permanece e permanecerá presente. Como resulta de todos os seus textos - falando aqui da trajectória pessoal de Jacques Sadoul no exaltante período inicial da Revolução de Outubro - acrescenta e enriquece o nosso conhecimento e a nossa reflexão, um dos aspectos em que melhor se manifestava a sua grandeza intelectual e humana.

Odiario
Odiario

Os dias de julho, Petrogrado 1917

John Catalinotto*    01.Ago.17

Os acontecimentos de Junho/Julho de 1917 em Petrogrado marcam o fim do período da dualidade de poderes na Revolução Russa. O período “pacífico” da Revolução termina com o massacre de manifestantes pelas tropas de Kerensky a 17 de Julho. A reclamação que as massas aí exprimiam: ”todo o poder aos sovietes”, veio a concretizar-se em Outubro, e foi o povo em armas quem o conseguiu.

Odiario