:: Outros autores

Odiario

As multinacionais farmacêuticas garantem a escassez de vacinas

Silvia Ribeiro    23.Mar.21

Acumulam-se os dados sobre o férreo controlo que as grandes multinacionais farmacêuticas exercem sobre o fornecimento das vacinas Covid-19 cujas patentes possuem. Criaram-nas na base de investigação e fundos públicos, mas garantem os astronómicos lucros privados do negócio do século. Os governos ao seu serviço (incluindo o de Portugal), bloqueiam iniciativas no sentido da suspensão da limitação de acesso às patentes. O preço dessa vassalagem é não apenas o de mais muitas centenas de milhares de mortes, mas também o da cada vez mais incerta possibilidade de contenção efectiva da pandemia.

Odiario
Odiario

Conheça o herói russo da União Europeia

José Goulão    22.Mar.21

É oficial: a UE impõe sanções para defender um indivíduo xenófobo, terrorista e fascista, tanto ou mais «iliberal» que Orban e os chefes polacos, mais ou menos da mesma estirpe que uma Marine Le Pen. Os “direitos humanos” EUA/UE parecem estar concentrados em todo o género de fascistas.

Odiario
Odiario

A Comuna de Paris: o assalto aos céus

Manuel Augusto Araújo    18.Mar.21

A Comuna de Paris, sobre a qual passam 150 anos, é um dos mais fulgurantes acontecimentos na história da emancipação humana. Todas as gerações a devem conhecer e celebrar. Os seus curtos 72 dias - aos quais a burguesia pôs fim com a mais sanguinária repressão - permitiram vislumbrar um mundo inteiramente novo e as forças sociais que, mais tarde ou mais cedo, o construirão definitivamente.

Odiario
Odiario

Thomas Piketty e Karl Marx, duas visões totalmente diferentes do capital

Eric Toussaint    17.Mar.21

O trabalho de Thomas Piketty sobre a distribuição desigual da riqueza e do rendimento é meritório. Mas o que tem a propor nada coloca em causa do sistema que produz essa situação, o capitalismo. Além do mais porque a noção de capitalismo com que trabalha é completamente equivocada. Piketty nada aprendeu com Marx.

Odiario
Odiario

Há nove meses que a Finlândia possui uma vacina covid, e optou pela “Big Pharma”

Este artigo faz mais do que dar uma elucidativa informação sobre o desinteresse do governo (“social-democrata”) finlandês em apoiar uma vacina desenvolvida no seu país, eficaz e não sujeita ao mecanismo das patentes que deixa a saúde de milhões de seres humanos à mercê dos lucros das gigantes farmacêuticas privadas. É também uma informada reflexão sobre os danos que essa dinâmica gera há décadas. Dinâmica que não só será incapaz de deter a pandemia como torna inevitável que outras lhe venham a suceder.

Odiario
Odiario

Esperança de vida e anos de vida com saúde diminuem em Portugal devido ao desinvestimento e à falta de meios no SNS

Eugénio Rosa    16.Mar.21

A pandemia tornou visível a situação grave em que se encontrava o SNS em consequência do subfinanciamento crónico, da falta de profissionais de saúde devido à ausência de carreiras, de remunerações e condições de trabalho dignas, promovendo a promiscuidade público-privada, a baixa produtividade no SNS, e a deficiente cobertura da população de cuidados de saúde. Tudo isto se agravou com a pandemia. Tudo isto serve para promover o negócio de saúde privado que explodiu em Portugal, com o aparecimento de grandes grupos de saúde (LUZ, CUF, LUSÍADAS, TROFA, HPA, etc.). A degradação em que o SNS se encontrava tornou o colapso mais rápido e os seus efeitos mais graves e obrigou a sucessivos confinamentos que destruíram a economia, causaram o aumento explosivo da dívida pública e da pobreza.

Odiario
Odiario

Roleta*

Anabela Fino    15.Mar.21

Num episódio que diz muito sobre a tacanhez política que move as instituições da UE, a presidente da Agência Europeia do Medicamento veio dizer que a utilização da vacina Sputnik-V era “comparável à roleta russa”. Não só a própria Agência tem a vacina em processo de avaliação como vários países da UE se têm voltado para essa solução, além do mais dado o fracasso do processo congeminado pela Comissão Europeia. A desorientação de Bruxelas está à altura da sua total incompetência.

Odiario