:: Outros autores

Odiario

Polónia: vítimas, cúmplices e manipuladores

Manuel Loff    07.Feb.18

Na Polónia, hoje governada pela extrema-direita, a reescrita da história inclui a proibição – em nome do “bom-nome da Polónia” – da menção aos campos de extermínio que os nazis ali instalaram, ou à cumplicidade com o ocupante nazi-fascista no massacre anticomunista e anti-semita por parte de colaboracionistas e fascistas polacos.

Odiario
Odiario

200 dias de valentia e firmeza: a heróica defesa de Estalinegrado que mudou a história

RT    05.Feb.18

Passaram em 2 de Fevereiro 75 anos sobre a derrota nazi em Estalinegrado, momento de viragem na II Guerra Mundial. Seguir-se-ia, poucos meses mais tarde, a grande vitória de Kursk. A URSS, o Exército Vermelho e o povo soviético assumiam, daí em diante, um papel decisivo na derrota final do nazi-fascismo. O significado desse papel está marcado de forma indelével na memória dos povos, e os povos da antiga URSS celebram-no devidamente.

Odiario
Odiario

Opel Portugal vs. Autoeuropa*

João Silva    03.Feb.18

Desde que os trabalhadores da Autoeuropa foram forçados a recorrer a formas de luta perante a irredutibilidade da administração na intenção de impor o trabalho obrigatório ao sábado e um sistema de turnos rotativos que foi posta em marcha pelos órgãos da comunicação social dominante uma campanha de intoxicação da opinião pública e de chantagem sobre os trabalhadores. Uma das falsificações utilizadas (por exemplo pelo dirigente do “Livre” Rui Tavares) é a mentira sobre o processo da Opel Portugal.

Odiario
Odiario

Mordomos NATO*

Jorge Cadima    02.Feb.18

Nunca é demais recordar que o actual governo é “um governo do PS”, com o essencial das opções de fundo que identificam o PS como um dos partidos da política de direita. Esta situação, é certo, ficaria mais à vista em todas as áreas se não se tratasse de um governo minoritário. Mas em política externa e de defesa, como é tradicional, não é só a política de direita que se exprime: é também a direita da política.

Odiario
Odiario

TPIJ, braço «judicial» da destruição da Jugoslávia*

Gustavo Carneiro    01.Feb.18

O Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia (TPIJ) fechou portas nos últimos dias de 2017, encerrando-se assim um dos mais vergonhosos processos de manipulação do direito internacional de que há memória. Tal como o nazi-fascismo em Leipzig, a nova ordem mundial pós-soviética teve em Haia o seu simulacro de Justiça.

Odiario
Odiario

Honduras: um povo mobilizado

Giorgio Trucchi    31.Ene.18

Os grandes meios de comunicação nacionais e internacionais preferem inventar fraudes eleitorais onde não as há – a Venezuela – a noticiar as que há, por exemplo em Honduras. Nem é assunto a tosca fraude realizada e ainda menos é assunto a resistência popular, alvo de violenta repressão, em que os mortos já se contam por dezenas e os presos por milhares.

Odiario
Odiario

A variável curda assume protagonismo no conflito sírio

Alfredo Hurtado    30.Ene.18

A situação na Síria entrou aparentemente numa nova fase. Os agressores, depois de terem sobretudo agido através de organizações terroristas, intervêm agora abertamente, com a invasão turca e com a intenção dos EUA de instalação permanente em território sírio. Os curdos são agora simultaneamente actor e pretexto. E seria bom que os seus dirigentes reflectissem sobre o longo historial de instrumentalização e traição a que têm sido sujeitos.

Odiario